quarta-feira, dezembro 01, 2010

No hard feelings, just hard times



Emile Griffith é um famoso pugilista (sobretudo na década de 60), ex-campeão do mundo, que em 18 anos de carreira profissional, ganhou 85 - 25 por KO - dos seus 112 combates. Uma dessas vitórias ficou marcada no seu currículo por uma razão que jamais esquecerá.
Emile é homossexual e segundo os relatos da altura, Benny "Kid" Paret, o seu adversário desse fatídico dia, ter-lhe-á chamado "maricon". No assalto final/fatal, Emile perde o controlo e desfere consecutivos golpes a Peret, ao ponto deste ficar em coma. Passados alguns dias, Peret morre e tal acontecimento assombrará para sempre a vida deste campeão.
"Ring of Fire" retrata a história deste grande pugilista. Mas este documentário vale sobretudo pela sua reconciliação com o passado e que atinge o seu momento mais alto, já nos últimos minutos, com o emocionante encontro entre Griffith e o filho de Paret. A tragédia invadiu a vida destes dois homens, mas este magnífico momento demonstra como ambos souberam gerir com dignidade as suas mais profundas angústias.

(É uma pena que documentários deste calibre, sabe-se lá porquê, não passem nas salas de cinema portuguesas. Felizmente há alternativas. Ilegais, dizem eles.)

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home