sábado, fevereiro 25, 2012

B2a0s1s2

2012 está a ser um ano um pouco atípico a nível da qualidade dos lançamentos de discos que se inserem nas novas tendências da música electrónica.
Nem dois meses passaram e já é possível recapitular tanta coisa, de tanto valor. Algumas confirmações e muitas (boas) surpresas:



Burial, confirmadeeeeérrimo;




Benjamim Damage & Doc Daneeka, dois pioneiros do uk bass juntaram-se e fizeram um LP que tem tanto de vibrante como de coerente, que sejamos realistas: é uma combinação muito rara em álbuns de música de dança;




Mickey Pearce, uma das novas e empolgantes sensações do dubstep e mais qualquer coisa;




John Talabot, a classe e o charme transformados em música house;




BLONDES, disco delicioso de techno; não é por acaso que ele levou um 10/10 de uma publicação britânica;




Scuba, o LP sai já na próxima segunda e parece-me quase tão bom como o anterior - a investigar;




Joy O & Boddika, mais uma prova de que não se perde nada em juntar dois pequenos génios e deixar que eles partilhem boas ideias...

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home