segunda-feira, junho 17, 2013

A dignidade da música


Isto, mais que uma acção de voluntariado ou um acto de cidadania, é um dos gestos mais nobres, louváveis e comoventes que se pode ter perante outra vida humana. De facto, são exemplos como estes que ainda vão dando um real valor a esse grande chavão - do tamanho das suas verdadeiras intenções - chamado “solidariedade humana”.


Julio Dantas escreveu “não há nada que valha a dignidade do silêncio”, mas afinal parece que há.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home