quinta-feira, junho 23, 2005

Não há belo sem senão...

As mulheres que se apaixonam, namoram, juntam e/ou casam com homens bonzões, daqueles que fazem derreter um cubo de gelo no meio da Sibéria, se não sabem, deviam saber o que o futuro lhes guarda. Certamente já ouviram falar da evolução das espécies: elas andam cada vez mais atrevidas e eles cada vez mais espertos.
Sendo assim, das duas uma, ou se escolhe um "borrachão" conscientemente de que se poderá vir a sofrer com as possíveis (e impossíveis) infidelidades futuras com muita desconfiança e instabilidade pelo o meio, ou se opta por um rapazolas pacato, sem grandes qualidades físicas aparentes e de preferência: visíveis, mas que lhes proporcionará sem dúvidas a probabilidade de encontrar a tal felicidade eterna. Não é que estes sejam mais fieis, mas as hipóteses de o não ser e do aliciamento por parte de "terceiros", cai, no mínimo, para metade.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home