terça-feira, agosto 31, 2010

Tocando estranhos


Num dos seus últimos projectos, o fotógrafo nova-iorquino Richard Renaldi, juntava vários estranhos que ia encontrando pelas ruas e pedia-lhes para que se tocassem. "Touching Strangers" parte desta interessantíssima premissa, que é devidamente explicada pelo seu criador:

"I meet two or more people on the street who are strangers to each other, and to me. I ask them if they will pose for a photograph together with the stipulation that they must touch each other in some manner. Frequently, I instruct or coach the subjects how to touch. Just as often, I let their tentative physical exploration play out before my camera with no interference...Touching Strangers encourages viewers to think about how we relate physically to one another, and to entertain the possibility that there is unlimited potential for new relationships with almost everybody passing by."


Pretende-se aqui colocar em causa as regras codificadas sobre a forma como podemos tocar os outros sem ficarmos inconfortáveis e sem atingir um certo grau de intimidade (dos outros). Este jogo de limites está patente nas fotos, mais que no toque em si, na própria expressão de cada sujeito.

1 Comments:

Blogger O Puto said...

Estas duas fotos dizem muito.

7:48 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home