terça-feira, dezembro 06, 2011

Pois não deves ser

Há um ano atrás...

Há poucas semanas atrás a Media Markt (MM) lançou mais uma das suas campanhas de sucesso: em qualquer compra, abate directo do valor do IVA. Tal como nas edições anteriores, houve enchentes por tudo o que era superfície comercial MM (sobretudo na região de Lisboa) e filas intermináveis nas respectivas caixas de pagamento. Parece-me certo que uma boa parte daqueles sedentos consumidores deve ter ido iludida com um suposto desconto directo de 23% (IVA), quando o valor deduzido era (só) o do imposto - o que não são exactamente a mesma coisa, basta fazer as contas: num produto que custa 100 euros, um desconto de 23% daria 23 euros, mas o desconto pelo seu valor do IVA dá 18,70€ [VP*(1-1/(1+%IVA))], ou seja, 18,70%. Mas não deixa de ser um bom desconto, é certo.

Na passada sexta-feira, a MM lançou outra campanha de arromba: máquina de café Nespresso, a 22 euros por unidade! Pelo que me contaram, outro sucesso, outra enchente. Mas desta vez as filas eram só de inscrição para reservar o produto, pois consta que o fornecedor não conseguiu entregar a encomenda das máquinas a tempo (?) e estariam a adiar a entrega para o dia seguinte. Chegado a um certo número de reservas, deixaram de aceitar inscrições e aconselhavam o regresso no próximo dia, “logo às 10 da manhã”, para conseguir mais hipóteses de alcançar qualquer sobra ou desistência. Portanto, no sábado, deduzo: casa cheia outra vez!

Tudo isto faz-me questionar se a verdadeira intenção da MM é vender ou organizar multidões. Até aquele famoso slogan sugere-me dúvidas. De facto, podes até nem ser parvo, mas seguramente que és um "bocadinho" masoquista.


0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home