segunda-feira, outubro 31, 2011

Cair como um homem

O homem que era só metade.

Um homem chegou aos quarenta anos e assumiu a tristeza de não ter um filho. Chamava-se Crisóstomo.

Estava sozinho, os seus amores haviam falhado e sentia que tudo lhe faltava pela metade, como se tivesse apenas metade dos olhos, metade do peito e metade das pernas, metade da casa e dos talheres, metade dos dias, metade das palavras para se explicar às pessoas.

Via-se metade ao espelho e achava tudo demasiado breve, precipitado, como se as coisas lhe fugissem, a esconderem-se para evitar a sua companhia. Via-se metade ao espelho porque se via sem mais ninguém, carregado de ausências e de silêncios como os precipícios ou poços fundos. Para dentro do homem era um sem fim, e pouco ou nada do que continha lhe servia de felicidade.

Para dentro do homem o homem caía. (...)

sexta-feira, outubro 28, 2011

A verdade, diz o outro

Não sei o que será pior, se um "pivot" televisivo ter escrito um romance de "tese", o que quer que isso seja, com o qual pretende revelar ao "grande público" a "verdade" de que Cristo não era cristão e a Virgem Maria não era virgem, se a decisão da Igreja de promover comercialmente o livro levando-o a sério.

Não tenho fé religiosa alguma (nem fé alguma na literatura, quanto mais naquilo a que o "pivot" chama de literatura, da qual só vagamente conheço um episódio erótico com "sopa de leite de mama"). A questão da virgindade de Maria é matéria de fé e não me diz, por isso, respeito. Só que, justamente por se tratar de matéria de fé, não me parece que seja coisa com que se devam fazer números de circo capazes de embasbacar o "grande público" pagante.

Por outro lado, a verdade da fé é distinta da verdade histórica ou da científica, quanto mais das "verdades" de feirantes de livros. Para se poder amar e admirar uma obra como, por exemplo, o "Génesis" (isso, sim, grande literatura) é preciso suspender a incredulidade. Não me espantará, pois, que o "pivot" venha, a seguir, denunciar mais essa "fraude" da Bíblia, "revelando" ao "grande público" a verdade sobre o Big Bang. Dispenso-me, claro, de comentar o disparate de que Jesus, por ter nascido judeu, não era... cristão.

Mas a Igreja, não poderia ela ter deixado a César o que é de César, que é como quem diz o negócio dos livros ao negócio dos livros?

terça-feira, outubro 25, 2011

Estreia da semana

Canções de desejo e submissão

Este “Work (work, work)” vem com um “press release” que o descreve mais ou menos como: "um estudo do desejo e submissão, sentimentalismo e disforia". Concordando e exemplificando, diria que esta podia ser a melhor música para se ouvir num qualquer clube mais “underground” ou em qualquer outro lugar, onde tudo o que vai acontecendo à nossa volta faz-nos facilmente perder toda a noção do tempo... Ou o disco que David Lynch - se não tivesse muito ocupado a promover o seu primeiro LP, que está prestes a sair - iria adorar descobrir... Ou o disco com que a Pitchforkmedia e a respectiva credibilidade enterraram-se ainda mais ao darem-lhe, numa escala de 0 a 10, uns míseros cinco e qualquer coisa valores.

HTRK - Bendin' by ghostly

HTRK - "Synthetik" from Ghostly International on Vimeo.

segunda-feira, outubro 24, 2011

College

... Ou até parece que o electro-pop ganhou toda uma nova vida depois de servir de banda sonora a "Drive".

College feat. Electric Youth - A Real Hero from ozan kazandere on Vimeo.



College "She Never Came Back" featuring Electric Youth from THISTIME on Vimeo.


sexta-feira, outubro 21, 2011

Fazer parte do problema mas nem tanto da solução

Câmara de Barcelos aprova manutenção dos subsídios de férias e de Natal para funcionários

Há muita gente que continua a achar que essa história da "crise" é um problema exclusivamente de Lisboa, e, deduzo que, estão a contar que sejam só os alfacinhas miraculosamente a resolvê-la.

Para estas coisas fazem questão em demarcar-se do resto do país. Parece que apostaram num sector (têxtil) que já teve melhores dias e acham que essa é razão mais que suficiente para lhes dar a tal excepção. Mas isso só demonstra como não conhecem - nem querem conhecer - as outras realidades do país.

Para outras, sobretudo quando a tal verba ou o subsidiozinho tarda em chegar, é vê-los, danados, a bordo do seu topo de gama a caminho da capital.

quarta-feira, outubro 19, 2011

Give us the wind, give us the wind, give us the storm

Future Islands - Give Us the Wind from Thrill Jockey Records on Vimeo.



We set out to find something to hold
When seeking truth the answer is the road
When seeking wisdom the journey is your home
Fight through the wind, fight through the rain
Fight through the cold

terça-feira, outubro 18, 2011

Uma alternativa

Uma ameaça

Uma realidade

Uma relação

Uma constatação

Oh Helder salta-me à bufa



Programa Sex... ual, na Regiões TV. Produções Ediberto Lima. É preciso dizer mais alguma coisa?

cãctor

segunda-feira, outubro 17, 2011

Do grotesco


Assumir que as nossas diferenças, desigualdades e desejos sexuais não são assentes apenas nas características fisiológicas ou do inconsciente, deslocando-os da natureza e reconhecendo-os na sociedade, demanda um exercício de revisão profunda da moralidade ocidental na qual estamos inevitavelmente submersos.


A pornografia e o grotesco evocam um prazer específico: o prazer da confusão de valores e padrões, da transgressão estética e sexual. O prazer de colocar em cena aquilo que se pressupõe que estivesse “fora de cena”*.

* “Obsceno” deriva do latim “scena”, significa o que deveria estar “fora de cena”

Isto e muito mais na edição zero da nova e interessante revista (in)visível. Este número é exclusivamente dedicado à pornografia.

sexta-feira, outubro 14, 2011

Buffet por medida

quinta-feira, outubro 13, 2011

Quando chegar a vez do Pajero, avisem-me...

Porque já tenho aqui o canário à espera.
Do Olx, claro.

Etiquetas:

quarta-feira, outubro 12, 2011

E por dois pardais, dá-me o auto-rádio e o pneu subselente?


Troco pelas seguintes raças

Periquitos

Canarios

Mandarins

Caturras

Roseicoilis

Ring neck adultos

Alexandrinos Adultos

Diamantes gould com muda feita

Diamantes Estrelas

Diamantes papagaios

Papagaios cinzentos de cauda vermelha

Malta da passarada, responder aqui.

Etiquetas:

Mas enquanto não aparece vou praticando com esta, miau?

Etiquetas:

segunda-feira, outubro 10, 2011

Entre quatro paredes

Os Massive Attack e Burial lançam esta semana um EP partilhado de edição (muito) limitada. Uma das faixas é uma recriação do fabuloso single "Paradise Circus". A outra é esta:



A voz é de Hope Sandoval (Mazzy Star) e o resto anda um pouco à volta do universo dos criadores acima mencionados. Excelente música de escape, no escuro, entre quatro paredes.

domingo, outubro 09, 2011

Podem "esperarem" sentados

sábado, outubro 08, 2011

Aqui no escritório o "team work" é para se levar muito a sério

sexta-feira, outubro 07, 2011

Amadurecer


Enquanto o anterior, “In Evening Air”, apresentava vários e excelentes momentos do lado mais dançável do new-wave e synth-pop. “On the Water”, é bem mais moderado nesse lado mais físico - se bem que ainda assim tem o brilhante single “Balance” para matar algumas saudades – mas não deixa de ser um álbum (emocionalmente) contagiante. Portanto, tudo leva a crer que num ano, os Future Islands amadureceram.

Esse nítido crescimento intelectual da banda também se justifica por estarmos perante um disco mais calmo, seguro e introspectivo. E uma autêntica experiência emocional: assim que os sintetizadores chegam-nos aos ouvidos, a nostalgia vai-nos, lentamente, preenchendo a alma.


You can change your life

It just takes time

A little trust and your time

quinta-feira, outubro 06, 2011

Arrested Development

segunda-feira, outubro 03, 2011

De Pardielas para o mundo (das duas rodas)




Da minha mui querida zona do Zêzere, mais propriamente de Pardielas (Carvalhais), vem um bom exemplo de como dar utilidade a um local "abandonado": em 2009, a antiga escola primária foi convertida no Moto Clube de Ferreira do Zêzere.
Sempre se disse que nunca é tarde para aprender... Nem que seja a bela arte de "deitar" nas curvas.

sábado, outubro 01, 2011

Ou vão para a mata de Coina esfregar-se nos pinheiros umas das outras se estão com comichãozinha...

Entretanto na borda da estrada...

- Estás com tosse? Porque não chupas um Dr. Bayard?
- Oh m'lher, até chupava! Mas ele não passa por aqui.