sábado, setembro 21, 2013

Muita loco



A paisagem de uma das longas estradas das matas nacionais na zona da Marinha Grande, que desagua numa das rotundas que dão acesso à praia do Pedrogão, é subitamente interrompida por uma pequena estrada de alcatrão com grandes pedras a bloquearem a sua passagem. Por entre grandes silvados que se expandem em todas as direcções desse caminho, ainda é possível ver lá ao fundo parte de um edifício branco. À medida que nos aproximamos dele, confirmamos a imponência daquele edifício abandonado e perdido no meio de uma floresta.

Trata-se da discoteca “Locopinha”. Isso mesmo: uma discoteca em pleno pinhal de Leiria... mas em terrenos particulares. Tudo é possível se a imaginação (e os interesses económicos) for ilimitada. Sim, já agora, e porque não um Kartódromo?







0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home