segunda-feira, fevereiro 17, 2014

O apuradíssimo sentido de estética do mar

Os campistas de Cortegaça, o Barbas e mais uma centena de empresários portugueses quiseram que os seus "empreendimentos" tivessem uma vista privilegiada de mar. Só que parece que este ano o mar decidiu impor alguns limites a essa vizinhança... E em alguns casos, quase aplicava o seu exigente sentido de estética. Faltou um bocadinho assim, mas haja esperanças.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home