quarta-feira, maio 02, 2012

Um dia normal

(foto retirada do Jornal de Negócios)

A PSP emitiu um comunicado via facebook onde acaba por dizer que não existiram “registos de detenções ou graves situações de alteração de ordem”. Portanto, ontem, excluindo uns problemitas pontuais por causa de mau estacionamento ou da disputa pelo último pacote de arroz, foi um dia normal de compras no Pingo Doce.

Ou seja, aquilo que mais me pareceu uma espécie de simulação de um dia apocalíptico, onde uma cadeia de supermercados aproveita-se da situação miserável (não me refiro exclusivamente ao seu perfil económico) dos seus clientes para fazer marketing estratégico e ganhar uns pontos na guerra com o Continente e Ca. – espero que ninguém tenha caído naquela da “ajuda”, pois se o PD quisesse efectivamente ajudar os portugueses, não acumulava uma megapromoção destas num único dia (e justamente num dia simbólico como o 1º de Maio), mas distribui-a proporcionalmente por todos os restantes dias do ano – para a PSP não passou de uma operação rotineira, de um dia normal, lá está.

O facto de toda aquela gente não ser malta freak, não fumar o seu charrito, nem serem fotojornalistas com a câmara em riste, entre outro tipo de gente “ameaçadora” com especial predilecção para ocupar espaços, em vez de os esvaziar, contribuiu certamente para tanta normalidade.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home