domingo, janeiro 13, 2013

Está-se sempre a aprender com uma certa esquerda

É assim um bocadinho para o ridícula esta guerra que esse conceituado "pensador" de esquerda que dá pelo nome de Daniel Oliveira anda a travar com os organizadores da petição para não abater "um cão de uma raça perigosa" que matou UMA CRIANÇA DE 18 MESES - o Daniel Oliveira usou o "bold", o Ferreira Fernandes usa-a como arma de arremesso "sentimental" para finalizar crónicas e eu uso o CAPS LOCK, que é para demonstrar também a minha sensibilidade perante todas as crianças anónimas de 18 meses, mesmo aquelas com pais irresponsáveis (como parece ser supostamente o caso). 
Ainda há pouco houve direito a tempo de antena, em horário nobre, no noticiário da SIC. Ontem, também com o patrocínio do grupo Impresa, tivemos direito a isto: "a vida do humano mais asqueroso vale mais do que a vida do animal doméstico de que mais gostamos. Sempre."
Em suma: sensatez e tolerância, parecem ser valores em vias de extinção nessa fauna selvagem que é uma certa esquerda portuguesa. Já se sabia que eles é que sabem "o que é ter um filho", agora ficou-se a conhecer que são eles que dominam a questão da hierarquia das vidas.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home