quinta-feira, junho 30, 2011

Tornamo-nos impiedosos sensores de nós próprios


Se não tivesse claras influências dos mais recentes subgéneros (re)nascidos da união perfeita entre o post-punk e a musica electrónica, sejam o synth-wave ou o lo-fi - este senhor até recentemente colaborou com Ariel Pink's Haunted Graffiti e tudo! - até diria que o novo disco de John Maus (We Must Become the Pitiless Censors of Ourselves) podia ter sido criado há 30 anos atrás. O que mudou desde essa altura? Desde desses últimos dias de vida terrena de Ian Curtis? Isso: entre outras coisas, tornamo-nos impiedosos sensores de nós próprios.

John Maus - Quantum Leap by RibbonMusic

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home