quinta-feira, março 01, 2012

Alguns minutos lusitanos



Pronto, também já me mostraram o vídeo onde podemos testemunhar a participação de José Castelo Branco numa das orgias violentas, que faz parte do processo instaurado pela ex-mulher de um empresário de Famalicão, acusando-o de a obrigar a entrar em tais “festas”.

Numa palavra: desilusão. Com uma participação especial como aquela, esperava algo mais espetacular - ficaram-se pelo “espeta”.

A grande surpresa em todo o vídeo acaba por ser o facto de JCB - para além de provar (para quem ainda tinha dúvidas, que eu apontaria para uns 99,9% da população portuguesa) que é mesmo bissexual - revela que não se adapta muito bem ao papel de passivo. Já como activo, só faltou dar umas boas tapas na senhora e chamar-lhe de vadia para cima...

De resto, tudo muito amador, soft e insonso. A única "orgia violenta" que eu assisti neste vídeo foi entre a celulite, a gordura, a flacidez e as estrias no traseiro da senhora quando ela se voltou de costas para a câmara. Senhora essa que, pode-se concluir pela sua postura ao longo de todo o vídeo, parece que foi tão obrigada a participar nesta pseudo-orgia, como deve ter sido obrigada a pôr umas maminhas novas - que são as principais protagonistas da primeira parte desta “película”. Só se estava a representar. Aí já é outro filme.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home