domingo, março 11, 2012

Sempre o mesmo fado


Acabei por apanhar só a parte final do "Festival da Canção" e tive o "prazer" de escutar a vencedora. Tem uma base de fado exigida mas o resto é medíocre. Sinceramente, duvido que o ar cândido da cantora, a irmã-gémea-separada-à-nascença da nossa ministra da agricultura, do mar, dos continentes, dos planetas, dos sistemas solares (...), chegue para nos safar da primeira eliminatória. A malta da eurovisão costuma ser um bocadinho mais exigente que isso.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home