quarta-feira, setembro 22, 2010

Um país a duas velocidades



Estes 1667 euros fazem-me lembrar a história dos dois pobres que tinham para partilhar dois frangos, em que um deles comeu tudo, restando nada para o outro. Depois veio um senhor das estatísticas, faz a média e declara que cada um comeu um frango. Por outro lado, a história desses 583 euros mais a norte, terá sido mesmo uma "criação" das multinacionais ou não dever-se-á mais a uma certa subjugação a uma relação quase feudal, liderada por essa entidade tão venerada e comummente conhecida por "grande empresário do norte"? Depois, parte-se sempre do (mau) princípio de que o valor do salário é o único indicador que estabelece uma relação directa e proporcional com a qualidade de vida.

Ia falar outra vez no trânsito, mas isso não é um problema para um Gestor de Projecto de Oeiras que, ganhando acima da média, trabalhará certamente também muito acima da média, só circula na A5 a partir das 8 horas da noite e aí, se não houver acidentes, os 10Km, que tem de percorrer até chegar a casa, conseguem ser realizados em menos de meia-hora. Ao chegar ao seu T2, com acabamentos de luxo e piscina no condomínio que nunca foi por si estreada, que lhe custou mais de 300 mil euros e que continuará hipotecado durante vários anos numa instituição bancária, tem o resto do serão para comer qualquer coisa preparado pela empregada, enquanto lê os emails e prepara as reuniões do dia seguinte. Dorme e o pesadelo recomeça na manhã seguinte (quando o horário de entrada é mais universal e menos flexível), na A5… Como é mesmo a vida em Freixo de Espada à Cinta?
No Freixo não há mercado para Consultores SAP, mas ninguém escolhe o Freixo para engolir SAPos. É mais uma trutazinha fresca no forno.

(Hora de ponta em Freixo de Espada à Cinta)

4 Comments:

Blogger zeh said...

é por estas ( e por outras) que por vezes começo a pensar num monte no alentejo, a fazer criação de patos :s

5:23 da tarde  
Blogger agent said...

... ou avestruzes. :p

1:09 da manhã  
Blogger zeh said...

avestruzes, sim, melhor ainda. e criar uma pousada com oferta de passeios pelo campo em carruagens puxadas a avestruz!

9:50 da manhã  
Blogger O Puto said...

Eu prefiro o meio-termo.

8:14 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home