sábado, janeiro 29, 2011

O aprendiz e os seus mestres

Falemos de street art, não de pseudo-graffitis nem de rabiscos nonsense que alguns imberbes deixam por tudo o que é parede das nossas cidades. Não, falemos da verdadeira "arte de rua" bem pensada e bem produzida, ao ponto de ser socialmente perturbadora, politicamente incorrecta.




"Exit Through the Gift Shop" comecou por ser um documentário sobre um francês excêntrico (Thierry Guetta) obcecado por tudo o que podia filmar com a sua handycam - tinha uma especial predilecção por artistas de rua - e acabou por ser uma saborosa comédia sobre um francês excêntrico que é um autêntico falhanço enquanto realizador de documentários, mas é um potencial vencedor enquanto artista. Parece que aprendeu com os melhores que foi acompanhando nas ruas, de Space Invader ao próprio Banksy. E, este (Banksy), o realizador deste documentário, é definitivamente um dos melhores. Lembram-se daquela recente e polémica sequência de abertura dos Simpsons? E não só...


Há muitas reticências quanto à presença de Banksy, no dia 27 de Fevereiro, no Kodak Theatre para receber o "seu" Óscar, pois ele sempre preferiu conservar o anonimato... Até porque também há sérias hipóteses desse prémio escapar para as mãos de Charles Ferguson (Inside Job - A Verdade da Crise). E ninguém gosta de morrer na praia.

2 Comments:

Blogger O Puto said...

Penso que a nomeação tenha sido um falso reconhecimento do artista por parte da Academia, ela própria emblemática duma indústria, pelo que tenho fortes suspeitas que Banksy não ganhe.

2:23 da tarde  
Blogger zeh said...

<3 it.
P.S.: http://manualdoserhumano.blogspot.com/2011/01/andava-eu.html

10:05 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home